Anúncios

Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Posts com tag “pintura

O universo não é uma ideia minha…

Magritte_the_human_condition

O Universo não é uma ideia minha.
A minha ideia do Universo é que é uma ideia minha.
A noite não anoitece pelos meus olhos,
A minha ideia da noite é que anoitece por meus olhos.
Fora de eu pensar e de haver quaisquer pensamentos
A noite anoitece concretamente
E o fulgor das estrelas existe como se tivesse peso 
  
Alberto Caieiro

(heterônimo de Fernando Pessoa)

Pintura: Rene Magritte

Anúncios

Um autor, duas obras – Johannes Vermeer

Vermeer-lady_standing_at_a_virginalVermeer-lady_seated_at_a_virginal

Johannes Vermeer

(Delft, Holanda, 31 de Outubro de 1632 – Delft, Holanda, 15 de Dezembro de 1675)


Pintura orientalista: Um autor, duas obras

FrederickArthurBridgman-on_the_terraceFrederickArthurBridgman_in_the_courtyard

FREDERICK ARTHUR BRIDGMAN

(Tuskegee, Alabama, EUA, 10 de novembro de 1847 – Rouen, França, 13 janeiro de 1928)



Pintura: Um autor, duas obras

Portielje_Jan_Frederik_Pieter_Admiring_Her_JewelsJan_Portielje_2

JAN FREDERIK PIETER PORTIELJE

(pintor holandês, 1829-1895)

barraV


Pintura: Um autor, duas obras

Lynch-Albert-Portrait-Of-An-Elegant-Ladyalbert-lynch-22

ALBERT LYNCH

(Lima, Peru, 1851 – Lima, Peru, 1912)



Serenata

MarieSpartaliStilmann-mes

Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silêncio, e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo.

Cecília Meireles

rosegif


Pintura: O Trompe l´oeil

TROMPE L ´OEIL

146

Recurso técnico-artístico empregado com a finalidade de criar uma ilusão de ótica, como indica o sentido francês da expressão: tromper, "enganar", l’oeil, "o olho". Seja pelo emprego de detalhes realistas, seja pelo uso da perspectiva e/ou do claro-escuro, a imagem representada com o auxílio do trompe l’oeil cria no observador a ilusão de que ele está diante de um objeto real em três dimensões e não de uma representação bidimensional. O objetivo do procedimento é, portanto, alterar a percepção de quem vê a obra. O termo, ainda que de início aplicado à pintura de períodos em que predomina o naturalismo – por exemplo, na Grécia Antiga e no Renascimento italiano, se generaliza no vocabulário crítico e passa a referir-se a qualquer forma de ilusionismo acentuado empregado nas artes. Na arquitetura, a decoração ilusionista em que a pintura de forros e paredes altera a percepção do tamanho do espaço (denominada quadratura), é considerada um tipo de trompe l’oeil. Andrea Pozzo (1642 – 1709) é um dos maiores praticantes desse ilusionismo decorativo, típico do barroco. Seu mais importante trabalho de quadratura é o enorme afresco Alegoria da Obra Missionária dos Jesuítas, 1691/1694, no forro da igreja de S. Ignazio, em Roma.

LEIA MAIS: ITAÚ CULTURAL


GALERIA TROMPE L ´OEIL -  1

WilliamMichaelHarnett_the_old_cupboard_doorwilliam_michael_harnett_001_vecchi_oggetti_1892

WILLIAM MICHAEL HARNETT


JohnPeto1JohnFrederickPeto

JOHN FREDERICK PETO


Edward_Colliers_trompe_loeil_painting_art_academy

EDWARD COLLIERS


cafem

Café em San Jose, Califórnia, EUA – por JOHN PUGH


jacques-poirier-7-jacques-poirier--9

Jacques Poirierjacques-poirier--35

JACQUES POIRIER (França, 1928-2002)


!Castello_di_Belgioioso,_trompe_l'oeil

Castelo de BELGIOIOSO – Lombardia, Itália



Pintura: Arturo Ricci

Arturo Ricci  (Florença, Itália, 1854 – 1919)

Foi aluno de Tito Conti (1842-1924), então professor na "Accademia di Belle Arti di Firenze" (Academia de Belas Artes de Florença) e que o influenciou na escolha do tema pictórico: as chamadas cenas de gênero.
Suas telas eram frequentemente centradas em torno de ocasiões cerimoniais (como casamentos e banquetes), onde capturava as trocas de olhares e gestos que tão eloquentemente evocavam as intimidades da vida doméstica. Ele também pintou paisagens.


GALERIA ARTURO RICCI – 2

ArturoRicci

ARicciARicci(74)ArturoRicc_2--arturo-ricci-3a

arturo-ricci--5--

VEJA TAMBÉM: GALERIA ARTURO RICCI – 1