Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Posts com tag “John Faed

Trio: Noivas

1859o John Faed (Scottish artist, 1819-1902) The Bride

JOHN FAED (Escócia, 1819-1902)


1856 Abraham Solomon (British artist, 1824–1862) The Bride

ABRAHAM SOLOMON (Inglaterra, 1824-1862)


1859 Henrik Olrik (1830-1890) The Bride is Attended by her Friend

HENRIK OLRIK (Dinamarca, 1830-1890)



Mais do mesmo…

John Faed (1819-1902)- The Cruel Sister 1851John Callcott Horsley - Showing a Preference 1860

JOHN FAED                                                                                    JOHN CALCOTT HORSLEY



Póstumo e Imogen

John Faed_postumus_and_imogen_701x1024

PINTURA: JOHN FAED (escocês, 1819-1902)


IMOGEN E PÓSTUMO – PERSONAGENS DA PEÇA CYMBELINE, DE SHAKESPEARE

A trama desta peça de Shakespeare pode ser assim resumida:
Cymbeline,  rei da Grã-Bretanha, teve três filhos. Os dois primeiros, Guiderius e Arviragus,  foram roubados há vinte anos por Belarius, um cortesão banido como traidor por supostamente conspirar com os romanos.  A filha Imogen (ou Innogen) vivia na corte com o rei e se apaixona por Póstumo (Posthumus Leonatus). Contrariando o rei, Imogen e Póstumo casam-se secretamente, trocando joias para selar o compromisso: um anel de Imogen, uma pulseira de Póstumo. Cymbeline descobre o caso e expulsa Póstumo por sua presunção. Imogen é atualmente única filha de Cymbeline  e assim, seu marido seria o herdeiro do trono britânico.
Cymbeline é um rei vassalo de César Augusto. Um embaixador romano (Lúcio) está a caminho para exigir o tributo que Cymbeline, – por influência de sua esposa, a rainha -, deixou de pagar.
A rainha está conspirando para ter Cloten, seu filho tosco e arrogante de um casamento anterior, como marido de  Imogen. A rainha também planeja assassinar Imogen e Cymbeline, para garantir a realeza para Cloten. Para este fim foi adquirir o que ela acredita ser um veneno mortal do médico da Corte, Cornélio. Este, no entanto, suspeita da malícia da rainha e altera o “veneno” por uma droga que fará o corpo do bebedor parecer morto por um tempo.
Para completar o elenco de personagens é preciso citar Philario/Filario, amigo de Póstumo e Iachimo/Giacomo que conhece na Itália.
A trama prossegue com uma série de episódios rocambolescos com os seguintes principais resultados:
    – Iachimo convence Póstumo que conseguiu seduzir Imogen;
    – Irado, Póstumo ordena à Pisanio,  seu servo, o assassinato de Imogen e marca um encontro em Milford Haven;
    – Imogen sabe dos planos de Póstumo e se disfarça de menino adotando o nome de “Fidele”, que significa “fiel”. Ao passar mal, a princesa adormece, tendo tomado o “veneno”;
    -  Em Milfod Haven,  após uma breve luta, Guiderius mata Cloten e corta-lhe a cabeça, colocando seu corpo ao lado de Imogen “adormecida”. Ao acordar, surpresa, pensa que o morto é Póstumo;
    – Póstumo participa da batalha contra os romanos e juntamente com Belarius, Guiderius e Arviragus,  impõe uma derrota aos romanos;
    – A rainha morreu e em seu leito de morte, confessou sem remorso suas conspirações assassinas;

    Na cena final, reunidos todos os personagens que sobreviveram, Cymbeline encontra o “menino”, que lhe parece familiar. Iachimo confessa sua aposta. Eufórica, Imogen se joga nos braços de Póstumo, que inicialmente a rejeita até Pisanio esclarecer  a verdadeira identidade do “menino”.  Belarius revela as de Guiderius e Arviragus: filhos e herdeiros do rei. Imogen agora está livre para viver com Póstumo.
Um exultante Cymbeline perdoa a todos, decide pagar o tributo a Augusto como um gesto de paz entre Grã-Bretanha e Roma e convida os presentes para uma grande festa.

(Plínio Mendonça)