Anúncios

Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Posts com tag “impressionismo

Trio: Federico Zandomeneghi (Itália)

federico zandomeneghi -italian

2.Federico Zandomeneghi (italian, 1841-1917)

2.federico zandomeneghi-italian, 1841-1917

FEDERICO ZANDOMENEGHI
(Veneza, Itália, 2 de junho de 1841 – Paris, França, 31 de dezembro de 1917)


Anúncios

Trio: Richard Edward Miller (EUA)

Richard Edward Miller (american, 1875-1943)

4.Richard Edward Miller (american, 1875-1943)

6.Richard Edward Miller (american, 1875-1943)

RICHARD EDWARD MILLER
(St.Louis, Missouri, EUA, 22 de março de 1875 – Saint Augustine, Flórida, EUA, 23 de janeiro de 1943)



Trio: William McGregor Paxton (EUA)

William-McGregor-Paxton-The-Blue-Jarwilliam mcgregor paxton-the other door, 1917

William McGregor Paxton - The Letter

WILLIAM MCGREGOR PAXTON

( Baltimore, Maryland, EUA, 22 de junho de 1869 – Newton, Massachusetts, EUA, 13 de maio de 1941)



Trio: Robert Lewis Reid (EUA)

robert reid

Robert Reid - Fleur de Lis [c.1895-1900]

In the Flower Garden. Robert Reid (american)jpg

ROBERT LEWIS REID
(Stockbridge, Massachusetts, EUA, 29 de julho de 1862 – Clifton Springs, Nova Iorque, EUA, 2 de dezembro de 1929)



Colhendo flores…

leopold franz kowalski (1856-1931)

LEOPOLD FRANZ KOWALSKI


Picking Wild Flowers - 1905 - Hermann Seeger (german painter)

HERMAN SEEGER


gathering flowers by Samuel Luke Fildes (1843-1927)

SAMUEL LUKE FILDES


25.ALFRED AUGUSTUS GLENDENING, JNR (BRITISH 1861-1907)

ALFRED AUGUSTUS GLENDENING


2.Charles Courtney Curran (american, 1861-1942)

CHARLES COURTNEY CURRAN


6.GEORGE HILLYARD SWINSTEAD (BRITISH, 1860-1926)

GEORGE HILLYARD SWINSTEAD


woman picking flowers-DE SCOTT EVANS (AMERICAN, 1847-1898)

DE SCOTT EVANS


Picking Wild Flowers_Sidney Percy Hendrick

SIDNEY PERCY HENDRICK



Trio: Frederick Carl Frieseke (EUA)

Lady On A Beach by Frederick Carl Frieseke

Frederick-Carl-Frieseke-On-the-Beach

2014_NYR_02851_0048_000(frederick_carl_frieseke_woman_with_parasol)

FREDERICK CARL FRIESEKE
(Owosso, Michigan, EUA, 7 de abril de 1874 – Le Mesnil-sur-Blangy, França, 24 de agosto de 1939)



Galeria: Francis Coates Jones (EUA)

Coates Jones, Francis (1857-1932) A quiet time

Francis Coates Jones - Sappho

FRANCIS COATES JONES, American (1857-1932)-springtime

FRANCIS COATES JONES, American (1857-1932), An Afternoon Reading

francis coates jones (american)jpg

FRANCIS COATES JONES, American (1857-1932), Two Women in a Garden

Francis Coates Jones

FRANCIS COATES JONES American (1857-1932) A Gift of Flowers

FRANCIS COATES JONES, American (1857-1932)-music

FRANCIS COATES JONES AMERICAN 1857 - 1932 LADY WITH A TAMBOURINEClassical Maiden by Francis Coates Jones (1857-1932)on-the-terrace-Francis-Coates-Jones

francisc coates jones-2

FRANCIS COATES JONES AMERICAN 1857 - 1932-grecian girls

FRANCIS COATES JONES
(Baltimore, Maryland, EUA, 1857 – Nova Iorque, EUA, 1932)

Pintor figurativo, ilustrador e muralista, especializado em cenas de gênero ambientadas em interiores, era o irmão mais novo de Hugh Bolton Jones, que também se tornou um famoso pintor paisagista e com quem ele fez algumas obras colaborativas.

Interessou-se pelas artes aos dezenove anos, após uma viagem ao estrangeiro em 1876 com seu irmão. Primeiro visitaram a Inglaterra, depois a colônia de artistas em Pont-Aven, na província francesa da Bretanha, onde havia muitos artistas americanos. Em 1877 vai a Paris e se matricula na prestigiosa École des Beaux-Arts. Em 1878, os dois irmãos fazem uma visita breve à Espanha e Marrocos. Em seu retorno a Paris, passa a estudar na Académie Julian, sob William-Adolphe Bouguereau e Jules Joseph Lefebvre. Com exceção de uma viagem de seis meses a Baltimore, Jones permaneceu na Europa por cinco anos.

Após seu retorno à América em 1881, trabalhou por um ano no estúdio de arte de seu irmão em Nova Iorque e foi eleito membro da progressista Society of American Artists. Depois de nova visita à França, se estabelece definitivamente em Nova York em 1884.

Na década de 1890, fez ilustrações de revistas e pinturas murais e ensinou na Academia Nacional de Desenho, tendo sido eleito membro efetivo em 1894. Lecionou na Academia por mais de trinta anos. Suas primeiras obras sempre tiveram objetos e fantasias da antiguidade clássica, depois mulheres envolvidas em tarefas domésticas ou no lazer e por último, obras influenciadas pelo impressionismo



Trio: Dame Laura Knight (Reino Unido)

Dame Laura Knight (1877-1970) The Ballet Girl and the Dressmaker

laura knight-the flowerDressing by Laura Knight (english painter)

DAME LAURA KNIGHT
(Long Eaton, Reino Unido, 4 de agosto de 1877 – Langford Place, Londres, Reino Unido, 7 de julho de 1970)

Considerada a mulher artista mais importante da Grã-Bretanha, foi feita dama em 1929 por seus serviços dedicados à arte e, em 1936 tornou-se a primeira mulher a ser eleita para a Royal Academy desde 1760. Artista talentosa, Laura ingressou na Nottingham School of Art aos catorze anos. Lá conheceu o pintor Harold Knight (com quem se casaria em junho de 1903) e foi profundamente influenciada pelo seu trabalho.
Em 1905, fez uma exposição de seu trabalho na Leicester Galleries. Venderam pinturas suficientes para financiar uma turnê pela Europa e, após, se estabeleceram em Newlyn, na Cornualha, onde se juntaram a uma comunidade de artistas conhecida como Newlyn School.

Durante a Segunda Guerra Mundial, tornou-se uma artista oficial de guerra. Sua pintura mais conhecida para o Comitê Consultivo de Artistas de Guerra era de uma mulher trabalhadora de munições, intitulada Ruby Loftus Screwing a Breech-Ring. Também cobriu os Julgamentos de Crimes de Guerra de Nuremberg.

Saiba mais: LAURA KNIGHT (em inglês)