Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

CINEMA

Retratos de Mulher: Audrey Hepburn

AUDREY HEPBURN 

(AUDREY KATHLEEN RUSTON)

(Ixelles, Bruxelas, Bélgica, 4 de maio de 1929 – Tolochenaz, Suiça, 20 de janeiro de 1993)

AudreyHepburnAudrey_Hepburn_black_and_whiteAudrey (War and Peace)_019-audrey-hepburnaudrey-hepburn-68Audrey Hepburn photographed by Norman Parkinson, 1955Scan by Rodney Todd-White & Son
020 7734 9070

AUDREY HEPBURN – 1955 – Fotógrafo: Norman Parkinson



Retratos de mulher: Sara (Sarita) Montiel

SARA MONTIEL – nascida María Antonia Alejandra Vicenta Elpidia Isadora Abad Fernández
(Campo de Criptana, Ciudad Real, Castilla-La Mancha, Espanha – 10 de março de 1928 – Madri, Espanha, 8 de abril de 2013)


GALERIA SARA MONTIEL

sara-montiel-67.sara montielsara-montiel-7Sara Montiel - In the spanish film Carmen, la de Rondasara-montiel-175.sara montiel

sara-montiel-52.sara montiel

Sara Montiel em “La bella Lola” cantando La Paloma

Retratos de uma mulher: Hedy Lamarr

Annex - Lamarr, Hedy_Hedylamarr-hedy-conspiratorshedy-lamarr-1938hedylamarr-4Hedy-Lamarr-7

HedyBust

HEDY LAMARR, nome artístico de Hedwig Eva Maria Kiesler (Viena, Áustria, 9 de Novembro de 1913 — Altamonte Springs, Orlando, EUA, 19 de Janeiro de 2000)
Mais conhecida como atriz, também é considerada no mundo científico, por ter inventado com um colega, durante a Segunda Guerra Mundial, um sistema de comunicações para as Forças Armadas dos Estados Unidos da América, o qual serviu de base para a atual telefonia celular.

Leia mais: WIKIPEDIA



Retratos de uma mulher: Romy Schneider – 2

Romy_Schneider_12RomySchneiderRomy_Schneider_17

Romy_Schneider_25romy-schneider-mit-katze

ROMY SCHNEIDER

Romy Schneider, nome artístico de Rosemarie Magdalena Albach (Viena, Áustria, 23 de setembro de 1938Paris, França, 29 de maio de 1982)


Retratos de uma mulher: Rita Hayworth

rita_hayworth-011ritahayworth00-hayworth-rita18-87-rita hayworth 2Rita Hayworth in The Strawberry Blonde (1941)

gildaRitaHayworthfoto1953-rita-hr2-rita-hayworth

Rita Hayworth

nome artístico de Margarita Carmen Cansino

(Nova Iorque, 17 de outubro de 1918 — Nova Iorque, EUA, 14 de maio de 1987)


Frase atual…

charlie-chaplin

"Eu continuo a ser uma coisa só: um palhaço, o que me coloca em nível mais alto do que o de qualquer político."

Charles Chaplin


Retratos de Mulher: Marilyn Monroe – 2

Marilyn2Marilyn-54Marilyn23marilynMonroe2

36123MarilynMM (2)MysteryMM


ben-heine

BEN HEINE


renato-casaro-1

RENATO CASARO



Retratos de uma mulher: Elizabeth Taylor

liz-telizabeth-taylorET-2-lizElisabethTaylor

LizElizabethTaylorVIPs

MysteryLizTaylorTaylor, Elizabeth (Rhapsody)_01

Elizabeth "Liz" Rosemond Taylor (Londres, Inglaterra, 27 de fevereiro de 1932 — Los Angeles, EUA, 23 de março de 2011)



Retratos de uma mulher: Bette Davis

bette davis. 009bettyDavis2Bette Davis 147BettyDavisbettyDavis1

bette_davisbette-davis-a

bette-davis-15



Retratos de uma mulher: Romy Schneider

romy2

romy-schneider_Romy_Schneider_17

romy_schneider_gallery_1romy

romy-7-romy_1956_sissi2romy-sromy-54

ROMY SCHNEIDER – BIOGRAFIA



RETRATOS DE MULHER: MARILYN MONROE

MarilynMonroe5m MarilynMonroe-jn

Marilyn2 Marilyn3

Marilyn4 Marilyn6

Marilyn5

Marilyn-m


Meus dois carinhos

  Rita_Hayworth    FrankSinatra

Rita Hayworth (Nova Iorque, EUA, 17 de outubro de 1918 — Nova Iorque, EUA, 14 de maio de 1987)

Frank Sinatra (Hoboken, Nova Jérsei, EUA, 12 de dezembro de 1915 — Los Angeles, EUA, 14 de maio de 1998)


The lady is a tramp – Filme: Meus dois carinhos
(de George Sidney) – 1957


Bette Davis

BetteDavis

Bette Davis, nome artístico de Ruth Elizabeth Davis (Lowell, Massachussets,EUA, 5 de Abril de 1908 — Neuilly, 6 de outubro de 1989)

Atriz norte-americana de cinema, televisão e teatro. Ideal de beleza de Hollywood, mas que veio a fascinar pela expressividade de seus olhos, interpretou brilhantemente a mulher emancipada, muitas vezes autoritária, que personificava a bad girl sem escrúpulos. Em seus freqüentes confrontos com os executivos dos estúdios, a atriz conseguiu impor seu direito à escolha dos filmes, um privilégio pouco usual na época. Os papéis em que Bette Davis representou personagens com personalidades próximas do absurdo (O Que Terá Acontecido a Baby Jane?, de 1962) contam-se entre as suas mais convincentes interpretações, impressionantes do ponto de vista psicológico. A atriz foi premiada em duas ocasiões com Oscars, por sua atuação em Perigosa, em 1935, e em Jezebel, de 1938.

Fonte: NetSaber

__________________________________________________________________________________________________


Gregory Peck

gpeck

Eldred Gregory Peck  (La Jolla, Califórnia, EUA , 5 de Abril de 1916 – 12 de Junho de 2003)

Filho de um farmacêutico, que se divorciou quando ele tinha apenas cinco anos, Gregory Peck foi basicamente criado por sua avó.  Adolescente, iniciou seus estudos de medicina na Universidade de Berkeley, quando se interessou em participar das atividades do teatro universitário.  Pouco tempo depois, decidiu redirecionar seus estudos para a arte de representar.  Assim, após ser graduado pela "The Neighborhood Playhouse School of the Theatre", em Nova York, estreou na Broadway, em 1942, na peça "The Morning Star" de Emlyn Williams.  No ano seguinte, foi para Hollywood, conseguindo ser contratado pelos Estúdios da RKO Radio Pictures e estrear no cinema em 1944 no filme "Quando a Neve Tornar a Cair".
O estrelato, ele o alcançou no mesmo ano por sua excepcional atuação no filme "As Chaves do Reino", quando foi indicado ao Oscar de Melhor Ator, perdendo a estatueta para Ray Milland, por seu trabalho em "Farrapo Humano".  Sua carreira em Hollywood se estendeu por mais de cinco décadas, ao longo das quais foi agraciado com o Oscar por sua atuação em "O Sol é para Todos" e com quatro outras indicações.  Consagrado profissionalmente, Peck passou a atuar apenas em filmes que lhe interessavam.
Em 1967, recebeu da Academia Cinematográfica de Hollywood o Prêmio Humanitário Jean Hersholt.  Em 1969, recebeu do Presidente Lyndon Johnson a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta condecoração americana reservada a civis.  Politicamente liberal, Gregory Peck sempre batalhou pelas causas ligadas a movimentos humanitários, políticos e do interesse da indústria cinematográfica.
Em outubro de 1942, casou-se com Greta Kukkonen, de quem se divorciou treze anos depois.  Voltou a se casar em 31/12/1955 com a jornalista francesa, Véronique Passani, com quem viveu até sua morte.  Do primeiro casamento, teve três filhos, Jonathan, Stephen e Carey Paul, enquanto que, do segundo, teve um casal, Tony e Cecilia.  Jonathan, repórter de TV, suicidou-se aos 30 anos.  Tony e Cecilia seguiram a carreira do pai.

Fonte: 65anosdecinema


JEAN HARLOW

jeanharlow1

Jean Harlow, nome artístico de Harlean Carpentier (Kansas City, EUA, 3 de março de 1911 — Los Angeles,EUA, 7 de junho de 1937)

Jean Harlow foi a primeira vamp a virar heroína no cinema. Seu loiro platinado logo a marcou como o símbolo sexual dos anos 30, em um fenômeno semelhante ao de Marilyn Monroe. Harlow, porém, sempre personificou mulheres cruamente sexuais, fortes, vorazes. Entrou para o cinema em 1928, atuando por dois anos em papéis pequenos. seu primeiro filme como estrela foi "The Love Parade" e passou a "sex-symbol" platinada a partir de "Bombshell" (Mademoiselle Dinamite). Formou pares inesquecíveis com James Cagney e principalmente com Clark Gable. Após três rápidos casamentos (seu segundo marido, o produtor Paul Bern, suicidou-se no mesmo ano do casamento, 1932), ela terminou sua carreira fulminante aos 26 anos (7 de junho de 1937), vítima de edema cerebral em meio às filmagens de Saratoga, com Gable.

Fonte: NostalgiaBR


GALERIA

 jeanharlow3    JeanHarlow

jeanharlow5jeanharlow4


Federico Fellini

fellini

Federico Fellini (Rimini, Itália, 20 de janeiro de 1920 — Roma, Itália, 31 de outubro de 1993)

Um dos mais importantes cineastas italianos. Nasce em Rimini, cidade litorânea onde vive até os 17 anos numa família da pequena burguesia. Durante a adolescência, entra em contato com o circo, os filmes de Hollywood e as histórias em quadrinhos americanas, que influenciarão seu estilo.
Em 1937 muda-se para Florença, onde trabalha como caricaturista. No ano seguinte vai para Roma estudar direito, mas acaba criando histórias em quadrinhos e canções para o teatro de revista e rádios. Começa no cinema aos 19 anos, escrevendo roteiros de comédia.
Em 1945 colabora no roteiro de um dos marcos inaugurais do neo-realismo italiano, Roma, Cidade Aberta, de Roberto Rossellini. Estréia na direção em 1952, com Abismo de um Sonho. Casa-se em 1943 com Giulietta Masina, estrela de vários de seus filmes. Em 1953 realiza Os Boas-Vidas. A consagração vem com A Estrada da Vida (1954), ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro e do Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza.
Em 1957 conquista o segundo Oscar com As Noites de Cabíria. Em 1960 filma A Doce Vida, que trata da decadência da burguesia italiana. Três anos depois dirige Fellini Oito e Meio, obra autobiográfica sobre um cineasta em crise.
O filme rende-lhe o terceiro Oscar. Com Amarcord (1973) – que quer dizer eu me lembro no dialeto natal de Fellini – ganha o quarto Oscar. No filme, reconstrói sua juventude em Rimini durante a ascensão política do fascismo. O último sucesso de público é E la Nave Va, rodado em 1983. Dez anos depois recebe mais um Oscar, pelo conjunto da obra. Seu último filme é A Voz da Lua (1990).

Fonte: Algo sobre


La dolce vita

Cena de La dolce vita – com Marcelo Mastroianni e Anita Ekberg, direção de Fellini



River Phoenix

river-phoenix

River Jude Phoenix (Metolius, Oregon, EUA, 23 de Agosto, 1970 — Los Angeles, California, EUA, 31 de Outubro, 1993)

Ator. Nascido de pais pouco convencionais, River, ao lado dos irmãos Leaf (agora Joaquin), Rainbow, Summer e Liberty, foi criado como integrante do culto Children of God – Crianças de Deus, em tradução literal.
Todas as crianças da família Phoenix foram incentivadas a atuar desde pequenas e, a partir dos 10 anos, River já estava atuando em seriados de TV.
Seu primeiro papel no cinema foi no filme Viagem ao Mundo dos Sonhos, antes de ser escalado para protagonizar Conta Comigo.
Depois, foi a vez de estrelar A Costa do Mosquito, ao lado de Harrison Ford e Helen Mirren, com Phoenix recebendo muitos elogios por sua atuação.
Mais tarde, River Phoenix voltaria a trabalhar com Ford em Indiana Jones e a Última Cruzada.
Foi seu papel em O Peso de um Passado, um drama sobre um rapaz que tem que tomar decisões cruciais sobre a própria vida, que aumentou sua credibilidade durante a transição de estrela mirim para ator capaz.
Ele foi indicado para o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1989, mas perdeu para Kevin Kline, por sua atuação em Um Peixe Chamado Wanda.
Dois anos depois, River Phoenix viveu o papel que iria definir sua carreira, em Garotos de Programa, de Gus Van Sant.
Na época de sua morte, River Phoenix estava trabalhando no filme Dark Blood que não pôde ser filmado e, por isso, os produtores tentaram processar a mãe do ator em US$ 6 milhões, mas o caso não foi adiante.
Mas sua morte prematura colocou um fim a uma carreira promissora.
River Phoenix estava acompanhado pelo irmão Joaquin e a namorada Samantha Mathis quando tomou um coquetel de drogas e sofreu convulsões do lado de fora da boate.
O atestado de óbito do ator diz que a causa da morte foi intoxicação múltipla por causa de drogas. O corpo de River Phoenix foi cremado e as cinzas espalhadas pelo rancho da família na Flórida.

Fonte:BBC



Cristhopher Reeve, o SUPER-HOMEM

christopher_reeves

 

Christopher Reeve (Nova Iorque, EUA,  25 de setembro de 1952 — Mount Kisco, EUA, 10 de outubro de 2004)

Ator e realizador de cinema estadunidense. Seu papel mais famoso foi como o Super-Homem dos quadrinhos. Após sofrer um acidente, passou a liderar uma campanha pela legalização de pesquisas com células-tronco. Faleceu em virtude de sua grave condição médica.

Para saber mais: WIKIPEDIA



Henriqueta Brieba

Hbrieba

Henriqueta Brieba (Barcelona, Espanha, 31 de julho de 1901 — Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 18 de setembro de 1995)

Atriz de origem espanhola, mas foi no Brasil que fez sua carreira no teatro, rádio, cinema e televisão. Passou pelo teatro de revista e por programas da Rádio Nacional, no Rio. Protagonizou, em 1967, o filme de Marcos Rey O Enterro da Cafetina. Participou de mais 37 produções. Em 1961, fez a Clotilde de Samba em Brasília e 12 anos depois, Toda Nudez Será Castigada. Fez muitas novelas. Na tv Globo foi Donana em A Moreninha (1975) e Vovó Carolina em O Anjo Mau (1976). No Rio de Janeiro, ganhou teatro com seu nome. Fonte: Almanaque Brasil


 

 


Rossano Brazzi

rossanoBrazzi

Rossano Brazzi (Bolonha, Itália, 18 de setembro de 1916 – Roma, Itália, 24 de dezembro de 1994)

Ator, diretor, roteirista e produtor de cinema italiano.

Depois que seus pais foram mortos pelos fascistas, Rossano entrou para a Universidade de San Marco em Florença para estudar Direito.
Durante a Segunda Guerra Mundial trabalhou para a Resistência e em 1949, já em Hollywood, estreou no cinema em Little Women.
Retornou para a Itália na década de 60, onde trabalhou até 1989. Em alguns trabalhos do início da carreira, foi creditado como Edward Ross.
Seus principais filmes foram: A Condessa Descalça; Krakatoa, o Inferno de Java; Quando o Amor Floresce e Michelangelo and Me.

Fonte: Wikipedia




John Huston

johnhuston

John Marcellus Huston (Nevada, Missouri, EUA, 5 de agosto de 1906 — Middletown, Rhode Island, EUA, 28 de agosto de 1987)

Ator e diretor de cinema.
Seu pai era mecânico e sua mãe uma jornalista itinerante. Ambos se divorciaram quando ele tinha seis anos. De saúde débil, aos doze anos foi enviado para um sanatório devido ao coração dilatado e problemas renais.
Depois dos estudos primários se dedicou ao boxe e a uma série de exercícios físicos para melhorar a sua saúde.

Estudou pintura e trabalhou algum tempo como jornalista e redator. Em 1935 foi para a empresa Warner Brothers onde trabalhou como roteirista colaborador em vários filmes.
Estreou como diretor em 1941, com The Maltese Falcon (no Brasil, Relíquia Macabra), cujo roteiro escreveu baseando-se na novela de Dashiel Hammett. Com esse filme tornou-se um dos mestres do chamado filme noir, tendo dirigido ainda outro clássico do gênero: O segredo das jóias (BR) (com uma jovem Marilyn Monroe no elenco).
Mas, sem dúvida, seus filmes de aventura como O tesouro de Sierra Madre (parábola sobre a ganância humana) e O homem que queria ser rei (sobre o orgulho), além dos clássicos Moby Dick e Uma aventura na África (cujas filmagens também foram uma aventura, conforme mostra o filme Coração de caçador, de Clint Eastwood) formaram um conjunto de obras das mais significativas da história do cinema.
Como ator, John Huston ficou conhecido por ter interpretado Noé, numa das partes que compuseram o filme A Biblia. Contava não ter sido fácil fazer com que os animais entrassem aos pares na arca, fiel à concepção dos artistas clássicos. Fonte:Wikipedia



Loretta Young

lorettayoung

Loretta Young, nascida Gretchen Michaela Young (Salt Lake City,Utah, EUA, 6 de janeiro de 1913 — Los Angeles, 12 de agosto de 2000)

Atriz mais lembrada por sua elegância e graciosidade do que por suas qualidades interpretativas, embora tenha ganhado um Oscar, um Globo de Ouro e três Emmys.
Após separar-se do marido, a mãe de Loretta mudou-se para Hollywood com as quatro filhas e abriu uma pensão. Ainda crianças, as irmãs já trabalhavam como extras no cinema. Mas Loretta interrompeu temporariamente essas participações para estudar num convento.
Aos 14 anos, na transição para o cinema falado, ela voltou às telas como substituta da irmã Polly Ann e logo conseguiu um contrato com a companhia First National.
Agora com o nome mudado, Loretta deu início a uma filmografia que revela forte presença na tela e algumas boas atuações. Destacam-se em sua carreira: ‘’Um Romance em Budapeste’’ (1933), ‘’O Paraíso de um Homem’’ (1933), ‘’O Estranho’’ (1946, de Orson Welles), ‘’Um Anjo Caiu do Céu’’ (1947), ‘’Ambiciosa’’ (1947, Oscar pela fazendeira imigrante que entra para a política), ‘’Falam os Sinos’’ (1949, indicada ao Oscar no papel de freira) e ‘’Calúnia’’ (1951).
No elenco de ‘’A História de Alexander Graham Bell’’ (1939), no qual Young faz a esposa do inventor, estão também suas três irmãs.
Em 1953, Loretta abandonou o cinema e começou uma segunda carreira como estrela do programa de televisão ‘’The Loretta Young Show’’. Eram histórias de meia-hora em que ela apresentava e às vezes atuava.
O show foi um grande sucesso e rendeu a Loretta não só três Emmys de Melhor Atriz Dramática – em 1972, num processo envolvendo a exibição dos programas, ela recebeu $ 600 mil dólares da rede NBC.
Em 1961 ela publicou ‘’The Things I Had to Learn’’, um livro de memórias, e desde então também esteve ativa em ações de caridade católica.
Nos anos 80, Loretta Young voltou a fazer filmes e ganhou um Globo de Ouro por ‘’Christmas Eve’’ (1986), filme produzido para a televisão.
Casada três vezes (a última com o figurinista Jean Louis), ela tem uma filha ilegítima com Clark Gable, com quem contracenou em ‘’Mulher, A Quanto Obrigas’’ (1950). Fonte: epipoca


 GALERIA

                     loretta-young   loretta  loretta2



Cantinflas

cantinflas1

Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes, mais conhecido como Cantinflas (Cidade do México, 12 de agosto de 1911 — Cidade do México, 20 de abril de 1993)

Comediante mexicano nascido na Cidade do México, que graças à verborragia disparatada e à divertida gesticulação, tornou-se o comediante mais popular da América espanhola em meados do século XX. A penúria pela qual passava a família levou-o a suspender os estudos e tornar-se artista ambulante, fazendo sucesso ao dançar e cantar melodias populares de um jeito gaiato, que alternava com discursos galhofeiros. Entrou para o cinema em La mujer del puerto (1933) e aos poucos ganhou outras oportunidades até estrelar Así es mi tierra (1937). Sua fama e popularidade subiram vertiginosamente pela sua interpretação do pelado, o mexicano humilde, com grande dose de ingenuidade, ternura, picardia e sabedoria popular. Criou sua própria produtora, a Rosa Filmes (1940) e o primeiro longa-metragem da produtora foi Ni sangre ni arena (1941), seguido de outros, dirigidos na maior parte por Miguel Delgado, como El gendarme desconocido (1941), Los tres mosqueteros (1942) e El bombero atómico (1950). Após filmar em Hollywood Around the World in Eighty Days (1956), inspirado no romance de Júlio Verne, e Pepe (1960), voltou a seu país, onde continuou a interpretar seu tipo em filmes como El padrecito (1964), El profe (1970) e El basurero (1981), seu último filme ante de morrer em sua cidade natal. Fonte: Prof. Carlos Fernandes



Victor Mature

vmature

Victor John Mature (29 de janeiro de 1913, Louisville, Kentucky, EUA — 4 de agosto de 1999, Rancho Santa Fé, Califórnia, EUA)

Filho de um emigrante austríaco e uma americana. Durante sua carreira, trabalhou em 55 filmes.
Aos 46 anos, desistiu da profissão de ator para se dedicar ao golfe.
Mature encarnou personagens com grande força física, como o escravo negro Demetrius, em The Robe (1953) e depois em Demétrio e o Gladiador (1954), além do poderoso Sansão, no filme de Cecil B. De Mille Sansão e Dalila (1949).
Mas o respeito da crítica veio com o filme O Beijo da Morte (1947), protagonizado pelo então desconhecido ator Richard Widmark, no papel de um assassino psiocopata.

Saiba mais: BIOGRAFIA