Anúncios

Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Só porque é setembro…

James Carroll Beckwith

Podei a roseira no momento certo
e viajei muitos dias,
aprendendo de vez
que se deve esperar biblicamente
pela hora das coisas.
Quando abri a janela, vi-a,
como nunca a vira
constelada,
os botões,
Alguns já com rosa- pálido
espiando entre as sépalas,
jóias vivas em pencas.
Minha dor nas costas,
meu desaponto com os limites do tempo,
o grande esforço para que me entendam
pulverizam-se
diante do recorrente milagre:
maravilhosas faziam-se
as cíclicas perecíveis rosas.
Ninguém me demoverá
do que de repente soube
à margem dos edifícios da razão:
a misericórdia está intacta,
vagalhões de cobiça,
punhos fechados,
altissonantes iras,
nada impede ouro de corolas
e acreditai: perfumes.
Só porque é setembro…
(Adélia Prado)
Pintura: James Carroll Beckwith (EUA, 1852-1917)


Anúncios

2 Respostas

  1. Dandara Machado

    Um dos posts mais lindos que já vi, até vou imprimir!
    Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

    04/09/2018 às 15:35

    • Dandara Machado

      Poder ler poesias como essa, poder ver pinturas como essa, nos faz perceber que ainda existem coisas belas nesse mundo, que alegram nosso coração, mesmo em meio à tanta aridez!
      Obrigada por esse post. Abraços,
      Dandara

      Curtido por 1 pessoa

      04/09/2018 às 21:07

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s