Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Trovas de muito amor…

2.Jules Girardet (french, 1856-1938)

Trovas de muito amor

Amo e conheço.
Eis porque sou amante
e vos mereço.

De entendimento
Vivo e padeço.

Vossas carências
Sei-as de cor.
E o desvario
Na vossa ausência
Sei-o melhor

Tendes comigo
Tais dependências
Mas eu convosco
Tantas ardências
Que só me resta
O amar antigo:
Não sei dizer-vos
Amor, amigo
Mas é nos versos
Que mais vos sinto
E na linguagem
Desta canção

Sei que não minto.

HILDA HILST

Pintura: Jules Girardet (França, 1856-1938)

2 Respostas

  1. Dandara Machado

    Estou encantada com esses posts com poesias de amor e com essas pinturas tão lindas!

    Curtido por 1 pessoa

    05/02/2018 às 18:37

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s