Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Música na pintura – Galeria 19

A HARPA

Prende, arrebata, enleva, atrai, consola
A harpa tangida por convulsos dedos,
Vivem nela mistérios e segredos,
É berceuse, é balada, é barcarola.

Harmonia nervosa que desola,
Vento noturno dentre os arvoredos
A erguer fantasmas e secretos medos,
Nas suas cordas um soluço rola…

Tu’alma é como esta harpa peregrina
Que tem sabor de música divina
E só pelos eleitos é tangida.

Harpa dos céus que pelos céus murmura
E que enche os céus da música mais pura,
como de uma saudade indefinida.

Cruz e Sousa

Harp Audition - Moritz von Schwind

MORITZ VON SCHWIND


thomas-sully-portraet-der-eliza-ridgely-(die-dame-mit-der-harfe)-09330_505x768playing the harp-Therese Schwartze

THOMAS SULLY                                                  THERESE SCHWARTZE


Portrait of G. I. Alymova (1775). Dmitry Levitzkyself-portrait with a harp (c.1791) _ Rose Adélaide Ducreux (french, 1761-1802)

DMITRY LEVITZKY                                        ROSE ADÉLAIDE DUCREUX


Portielje, Gerard (1856-1929) - La Harpiste, 1903

GERARD PORTIELJE


Richard Cosway (1742-1821)-marianne-dorothy-harland

RICHARD COSWAY


The Love Song by Francesco Ballesio (Italian, 1860-1923)

FRANCESCO BALLESIO


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s