Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Temas da Pintura: Amar é uma arte… (2)

Sei que é Amor, meu amor…porque o desejo 
o meu próprio desejo tão violento, 
dir-se-ia ter pudor, ter sentimento, 
quando estás junto a mim, quando te vejo. 
É um clarim a vibrar como um harpejo, 
misto de impulso e de deslumbramento. 
Sei que é Amor, meu amor…porque o desejo 
é desejo e ternura a um só momento.

Beijo-te a boca, as mãos, e hei de beijar-te 
nessa dupla emoção, (violento e terno) 
em que a minha alma inteira se reparte,

– e a perceber em meu estranho ardor, 
que há uma luta entre o efêmero e o eterno, 
entre um demônio e um anjo em todo Amor!

J. G . de Araujo Jorge

Elizabeth Jane Gardner Bouguereau - Daphnis and Chloe

ELIZABETH JANE GARDNER BOUGUEREAU


A.Secoladaniel-hernandez--2-

A. SECOLA                                                                                                               DANIEL HERNANDEZ


carl-otto--4Betrothal_HenriGGlindoni

CARL OTTO                                                                                              HENRI G. GLINDONI


Carl_Schweninger1

CARL SCHWENINGER


charles-edward-perugini--9

CHARLES EDWARD PERUGINI


Theodore_Blake_Wirgman

THEODORE BLAKE WIRGMAN


Vlaho_Bukovac1robert-dupont-

VLAHO BUKOVAC                                                                                                                ROBERT DUPONT


Pierre-Auguste_Renoir_-_In_the_Garden

PIERRE AUGUSTE RENOIR


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s