Anúncios

Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

Poesia

JenniferGordon

Quando a poesia surge,
a cabeça fervilha em imagens.
Revivemos os fatos, os sentimentos brotam,
E as palavras vão aparecendo.

Quando fazemos poesia,
compomos com os conteúdos de passado.
Analisamos no presente.
Edificamos o futuro.

Quando fazemos poesia,
A nossa alma chora ou ri.
Os pensamentos vão se esclarecendo.
A vontade se concretizando.

Quando fazemos poesia,
elaboramos a crítica ou homenagem,
alertamos  ou elevamos o  homem.
Às vezes os conteúdos são claros,
outras vezes, os conteúdos são tão confusos.

Há tantas cores, imagens e sentimento,
na  nossa alma e no pensamento.
Que torna difícil as palavras saírem,
em forma de rimas e versos.

Então eu me pergunto:
De onde provem tanto movimento e velocidade.
Se aqui estou parado, na minha individualidade ?

Jane Baruki Ferreira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s