Revista Virtual de Artes, com ênfase na pintura do século XIX

PINTURA: Albert Anker

Albert Samuel Anker
(Ins, Suiça, 01 de abril de 1831 – 16 de julho de 1910)

O mais popular pintor de gênero do século 19, comumente chamado de "pintor nacional da Suiça".
Filho de um veterinário, Samuel Anker (então membro da Assembléia Constituinte do cantão de Berna), Albert  frequentou a escola em Neuchâtel de 1845 a 1848, onde foi aluno de Louis Wallinger. De 1849 a 1851, o Ginásio Kirchenfeld em Berna. No início de 1851 estudou teologia, a princípio em Berna e depois na universidade de Halle, Alemanha. Foi alí que, em 1854 -  inspirado pelas grandes coleções de arte -, resolveu trilhar a carreira artística. Com a concordância de seu pai mudou-se, então, para Paris, onde estudou com Charles Gleyre e frequentou a "École Impériale et Speciale des Beaux-Arts", de 1855 a 1860.
Instalou-se num estúdio no sótão da casa de seus pais e participou regularmente de exposições, na Suíça e em Paris. Foi membro do Grande Conselho de Berna, onde defendeu a construção do "Kunstmuseum". Além das suas estadias regulares em Paris (onde passava os invernos), viajou com frequência para a Itália e outros países europeus. De 1889 a 1893 e de 1895 a 1898 foi membro da Comissão Federal de Arte Suíça e em 1900 recebeu o título de doutor honorário da Universidade de Berna. Um acidente vascular cerebral em 1901 reduziu a sua capacidade de trabalho.
Durante seus estudos, Anker produziu uma série de obras com temas históricos e bíblicos, incluindo pinturas de Lutero e Calvino. Após seu retorno a Ins voltou-se para o que seria o principal tema de sua arte: a vida cotidiana das pessoas em comunidades rurais, retratadas de maneira despretensiosa e simples, sem idealizar a vida no campo, mas também sem o exame crítico das condições sociais, que pode ser encontrado nas obras de seus contemporâneos, tais como Daumier, Courbet e Millet.
Pintou mais de trinta naturezas-mortas, centenas de aquarelas e desenhos (a maioria retratos e ilustrações) e  mais de 500 placas de porcelana. Somente após a sua morte (em 1910) houve uma primeira exposição dedicada a ele, realizada no "Musée d’art et d’histoire", em Neuchâtel.


GALERIA ALBERT ANKER

AlberAnker2Albert_Anker3

Albert_Ankermusikant-albert-anker

Albert_Samuel_Anker_001AlbertAnker3

AlbertAnker4AlbertAnker_3

24816.tifalbert-anker-56AlbertAnker_Kinderfrühstück_1879AlbertAnker_Mädchen_Hühner_fütternd_1865AlbertAnker_Der_GemeindeschreiberAlbert_Anker_-_Der_Dorfschneider

AlbertAnker-g

anker2

anker-23ankerb


6 Respostas

  1. Alberto Dias

    JULGO TER EM MINHA POSSE UM QUADRO PINTADO PELO ALBERT SAMUEL ANKER DATADO DE 1875, COMO POSSO ENTRAR EM CONTACTO PARA SABER SE FOI O ANKER QUE O PINTOU.

    Curtir

    14/08/2012 às 14:05

    • Alberto:

      Não tenho capacitação técnica para avaliar sua pintura. Sou leiga, apaixonada pelas artes (em especial as pinturas do século 19) e seus autores menos conhecidos.Vem daí a motivação do blog. Aconselho-o contatar casas de leilões ou grandes galerias – que possuem pessoas capacitadas para atendê-lo – e confirmar a autoria da obra.
      Espero ter ajudado !

      Curtir

      14/08/2012 às 16:03

  2. Carlos Pallone Vieira

    Gostei das fotos
    Tenho uma tela época1895/1908. Assinatura lado esquerdo. L.ANKER
    Mesmo sentido e técnica de pinturas como saber se é verdadeiro? Samuel Albert ANKER tinha uma filha chamada de Louise e ajudava nas pinturas junto com o pai será…….poderá ser uma desaparecida ou não divulgada pela família?!

    Curtir

    10/12/2013 às 17:14

    • RMendonça

      Carlos:
      Hoje postei nova galeria de Albert Anker e um vídeo bem interessante. Vale a pena assistir! Ele teve 6 filhos (dois morreram precocemente) e os outros 4 – Louise, Marie, Maurice e Cécile – aparecem em algumas de suas pinturas. Acho que você possui uma verdadeira raridade!

      Curtir

      21/12/2013 às 17:58

  3. Pingback: Pintores Suiços: Albert Anker–Galeria 2 | ARTECULTURA

  4. Maria das Graças Barreto Muniz Miranda

    Amo seu trabalho. É tão dignificante observar cada quadro, cada detalhe, fico feliz por estar aqui deixo sempre um tempo livre para dedicar-me e isso é muito compensador.
    Grata por instantes como este ❤

    Curtido por 1 pessoa

    03/03/2016 às 12:58

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s